SARNA DEMODÉCICA

Por: Renata Gondim

Oi pessoal!
Hoje estava colocando a leitura do blog em dia e fiquei impressionada como apareceram magrelos com essa doença! Só entre nossos amiguinhos temos o Wip, a Annita, a Panqueca, o Flecha e a Trankila.
Corrí para pesquisar, passei a tarde lendo e vou dividir com vocês algumas informações importantes.

A Origem
As sarnas são provocadas por ácaros e são consideradas doenças parasitas, dividem-se basicamente em dois tipos, sendo a demodécica (ou demodicose) e a sarcóptica (ou escabiose). Os ácaros são também chamados de ectoparasitas, sendo que são espécies de animais que parasitam a superfície culetânea de outros animais. As sarnas demodécicas são pertencentes ao gênero DEMODEX.
Este parasita é encontrado principalmente na epiderme e nos seus folículos pilosos - ou seja, ele não se apresenta sobre a epiderme, mas dentro dela, por esse motivo a grande dificuldade no tratamento desta sarna, sendo que atualmente não existe cura para sarna demodécica e sim, apenas tratamento.
A sarna demodécica pode provocar diversas alterações na pelo do animal, que vão desde uma simples descamação (presença de caspas), passando por uma falha no pêlo, até a presença de ulcerações na pele (feridas abertas). Geralmente só há coceira se houver também uma infecção bacteriana na pele.
A sarna demodécica não é transmitida da mesma forma que a sarna sarcóptica, a sarcóptica é transmitida pelo contato com outro animal, contaminando-o, a sarna demodécida não passa de animal para animal, ela é transmitida de mãe para filho, atráves do parto ou da amamentação e ressaltando, não existe cura atualmente.
É necessário a castração dos animais portadores de sarna demodécica, a fim de evitar que tal doença continue se propagando, para isso a consientização dos donos de animais portadores é fundamental, para que não insistam na procriação de um animal com tal doença. Você que lê este artigo, acredite é triste e sofrido o tratamento de um animal com tal doença generalizada.
Lembrando que alguns animais possuem a doença, porém, a mesma pode nunca se manifestar, ou apenas causar pequenos sintomas, para isso antes de pensar em cruzar seu cão, realize um exame de pele, e confirme a presença de tal parasita.
O diagnóstico é obtido através de um raspado de pele, que retira amostras de pele do cão, onde detecta-se a presença dos parasitas com o uso de um microscópio. Normalmente a sarna ataca o cão quando o sistema imunológino do mesmo está debilitado, isto pode ocorrer quando o cão esteja resfriado, no cio, etc.

Portanto, ao menor sinal de algum dos sintomas leve seu galguinho a um especialista, e, se confirmado o diagnóstico providencie a castração!!! Seja consciente e não deixe que essa doença se propague entre nossos magrelos!

15 comentários:

  1. Ivone, mãe coruja da Tiquinha26 de março de 2009 20:43

    Tiquinha também!

    Eu postei um comentário outro dia sobre a briga com este dermodex infeliz que mirou na minha Tiquinha. Foram, até hoje, três episódios, digamos, mais evidentes, o segundo foi no primeiro cio e optamos pela castração, no terceiro foram meses de briga, e muito tempo de duas visitas semanais à veterinária.

    A castração também é importante pq a cada cio a imunidade baixa e lá vem a demodécica!

    ResponderExcluir
  2. Pessoal, vejam também o que o Dr. Fábio Bonardi escreveu:
    DEMODÉCIA É A SARNA
    DEMODICOSE É O NOME DA DOENÇA
    Vamos falar de um diagnóstico fechado pra demodicose, ou seja, o veterinário concluiu que o animal tem realmente demodécica. Pra chegar nesse diagnóstico ele tem que fazer um raspado de pele ou uma biópsia.
    A demodicose não tem cura. Ela tem controle. Então vamos falar do controle da demodicose. Um a vez que diagnosticada demodécia no animal, ele sempre vai ter a sarna e provavelmente sua prole também irá ter. Tanto macho quanto a femea transmite a doença... não necessariamente devem ser castrados e sim NÂO devem PROCRIAR, pois a demodicose é uma sarna que é transmitida de pais para os filhos. RECOMENDAMOS A CASTRAÇÃO desses animais, por ser a MANEIRA MAIS FÁCIL DE CONTROLAR ANIMAIS PORTADORES DA DOENÇA. Caso o proprietário opte em não castrar, informá-lo da importância de não colocar o animal para cruza.
    O tratamento da demodécica é demorado, em torno de 60 a 90 dias.
    Normalmente usa banhos medicamentosos e também medicamentos via oral.
    É muito importante a continuidade ao veterinário, pois se aparecer outros problemas decorrentes a demodicose (infecções bacterianas), trata-se juntamente com a mesma.
    Sempre que o animal tiver um stress ou uma queda de imunidade, a demodécia irá aparecer e o proprietário terá que realizar novamente todo tratamento.
    Grande abraço
    Fabio Bonardi

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito de ler sobre este assunto aqui, gostaria de saber o que é SARNA NEGRA. É a mesma coisa que SARNA DEMODÉCICA? Qual o motivo deste nome?

    ResponderExcluir
  4. Sim são a mesma doença. Fui pesquisar o por quê do nome e lí que a SARNA DEMODÉCICA é popularmente chamada de SARNA NEGRA por conta da dificuldade de seu controle.

    ResponderExcluir
  5. Estou muuuuuito triste pois acabo de receber o diagnótico de sarna demodécica no meu filhote de 5 meses. Há 2 meses iniciou a manifestação, logo após ele receber a última dose da vacina. Pensamos ser uma alergia e venho tratando como tal. Apareceu uma pequena lesão no focinho do meu amado com queda de pêlo e irritação na pele. Estou indignada pq comprei meu filhote de um canil conceituado e agora descubro que tal doença é hereditária, portanto o criador tem ciencia do fato e ocultou-me! Ele fará o tratamento que é longo e sempre que tiver uma baixa de imunidade ela poderá reaparecer, além do fato que ele não poderá procriar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc comprou em SP??? pode falar o nome??? aconteceu o mesmo comigo e ainda tive q escutar do canil q o resultado deve estar errado , ABSURRRDO!!!!

      Excluir
    2. E também comprei um Whippet e ta desse jeito , deu uma melhorada mas assim que caiu a imunidade dele, voltou e ainda mais forte , quase morreu o cachorro , nao sei mas oq fazer pois até nisso eu nao tenho tempo para ficar cuidando de um cachorro com problemas, acho que CRMV, deveria fiscalizar mais os canis e PEts que vendem animais, e pararem de ganhar dinheiro e judiar das pessoas que compram um filhote pensando em ter o bichinho sadio e depois fica nesse tratamento que nunca acaba, e acaba chateando os proprietarios, e o s bichinhos nao tem nada a ver, somente uma uma falta de responsabilidades de donos de Canis e Pets!!

      Excluir
  6. Peguei o Zeca, meu cachorrinho pinscher de 2 meses, há 9 dias atras.A vendedora me disse qe a mãe e o pai dele são mt bem tratados e quando eu vi o zeca e seus irmãozinhos pareciam cachorrinhos saudaveis e eu comprei o zeca. Logo no dia seguinte, levei pra sua primeira dose de vacina e dei o remedio de verme, comprei tudo pra trata-lo mt bem. Mas passados dois diias, percebii que faltavam alguns pelinhos na região do bumbum perto do raboo e nas patinhas também. No começo achei qe fosse apenas sujeirinha de resto de parto ( pois ele ainda não tinha tomado banho ) e a coceira eu imaginei qe fosse apenas pulga, qe é normal de todo filhotinho. Fui aconselhada a comprar um talco antipulgas, mas parando, prestei atenção, e vi que não tinha nenhuma pulga circulando, nada do tipo e a coceira continuava e as regiões que estava sem pelo, continuava a cair e deixando a pele dele meio escamosa, formando como se fosse caspa. Comecei a me preocupar e vim procurar na net, os sintomas batiam com a demodecia. Mas por sorte é a localizada, levei ao veterinario e ele me aconselhou a passar um spray ( não me lembro o nome agora :x ) durante 7 dias, paassando 2 vezes ao dia. Zeca começou o tratamento hoje, espero qe dê tudo certoo e meu filhotinho melhore logo logo. :)

    ResponderExcluir
  7. Olá bom dia!
    Estou super chateada, pois descobri que minha Dashund tem a Sarna Negra, após levá-la em vários veterinários, até um muito conceituado na minha região não descobria, todos achavam que podia ser alguma alergia, micose....e tomou diversos remédios caríssimos..e nada, só aumentava e ela coçava demais....Até que resolvemos ir em outra veterinária que desconfiou e já mandou fazer o exame na hora e o resultado deu positivo!
    Na realidade comprei ela de um Pet Shop em Santo André, e o veterinário de lá me garantiu que a cachorrinha era saudável...mas ela começou a se coçar absurdamente após a castração, e a veterinária nos falou que pode ter baixado a imunidade, por isso começou.
    mas vamos trocando informações...assim que pegar o nome do remédio falo para vocês. Hoje ela começa o tratamento.
    Boa sorte para nossos cães.
    Renata - São Bernardo do Campo/SP

    ResponderExcluir
  8. comprei uma lhasa apso branca linda!ela chegou em casa e qndo começei a da as vacinas apareçeu os sinais da sarna fez o exame e deu sarna demodecica! e agora ela nao ta respondendo aos tratamentos!cefalexina @vou leva-la a outro vet! tadinha ela ta sofrendo muito!bjos

    ResponderExcluir
  9. Ola tenho uma bulldog frances e ela a apresentou uma queda de pelo na cabecinha aos 2 meses depois da vacina ,e fiz o raspado e deu Demodecica,ela naum reagiu bem aos banhos tendo assim vomitos e suspendemos hoje estamos tratando só com o ADVOCATE ,uma vez ao mes e ração a base de Peixe para o pelo.
    Ela ja entrou no seu primeiroCIO e nao apresentou nada de Demodecica , ACHEI UM MILAGRE ...Nada de pelo caido,nem irritação de pele ,nada ...
    Acho que o ADVOCATE ta resolvendo a controlar .

    ResponderExcluir
  10. Estou desesperada desde novembro 210 luto contra a sarna negra mais minha pequena marghot não esta reagindo ao tratamento já não sei mais o que fazer

    ResponderExcluir
  11. Comprei o meu Italian Greyhound em um suposto melhor canil da raça
    Depois de fazer a raspagem , foi constatado a Demodex , qdo liguei para o canil , o mesmo falou q seria impossivel e q o exame estaria errado.
    Affff ,fiquei indignada ... mta irresponsabilidade por parte deles!!!!!

    ResponderExcluir
  12. gente, tenho uma cachorrinha q está com sintomas de sarna negra, e pior ela está prenha,não sei o q faço, sera q devo castra la e tirar os filhotes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá maluco? Ela deve ter os filhotinhos, vc deve avisar os donos dos filhotes sobre a doença. Depois vc inicia o tratamento com a sua cadelinha.

      Excluir