GREYHOUND / PARTE ll


ORIGEM DO NOME GREYHOUND

foto: ricardo coacci



Houve muitas controvérsias relativas à origem do nome. O vocábulo "Hound" nele incluído, apenas permite afirmar que este Lebréu faz parte das antigas tradições do mundo ocidental. De fato, a língua inglesa, tal como a língua germânica, dispõem de dois termos para designar o cão: Hound, o mais antigo, se dá aos cães nobres, que vivem no círculo da aristocracia, ou seja, os cães Sabujos e Lebréus.
Nota-se aqui a influência das antigas mitologias nórdicas e germânicas, que consideravam o cão dotado de grandes qualidades, razão pela qual se tornou um acompanhante privilegiado de guerreiros e caçadores.
Quanto ao vocábulo “Grey”, tem dado lugar a várias hipóteses etimológicas. Pode ser uma aliteração de "Greek", pois se julgou durante muito tempo que os Galgos provinham da Grécia e, na verdade, aparecem frequentemente na arte grega.
Lineu considerou essa origem na sua classificação nas raças de cães e desde então os Lebréus têm sido “Graióides”. Mas é possível que a palavra "grey" signifique simplesmente “cinzento”, quer por esta ser a cor dos primeiros Galgos Ingleses – teoria que nada veio a confirmar até agora -, quer porque a expressão "Grey Dog" desse a entender que se tratava de um cão de “sangue azul”, isto é, de grande nobreza. A hipótese mais plausível é que "grey" venha da raiz saxônica "greu”, que se refere uma linhagem. O doutor Johannes Caius forneceu mais dados em 1570, distinguindo os Lebréus de pêlo cerdoso, muito grandes, destinados à caça da lebre e acreditava que o nome era um indicativo do grau da raça. O cachorro foi mais estimado na Grécia e alguns escritores acreditavam que o nome se originou da palavra “Gracius” (Grego). Alguns defenderam que "grey" era uma distorção da palavra “great”, porque o cachorro era em tempos remotos, na inglaterra associado a pessoas “great”, ou seja, pessoas de alta estirpe. Outras autoridades acreditavam ser um nome derivado do latim “gradus” (grau) por ser o Greyhound um excelente cachorro em velocidade. Por outro lado, Gervase Markham, no seu Country Contetments, de 1615, afirmava que Greyhound é o cão mais nobre, forte, rápido, ágil, e valente que existe.
Whiteker deu o que provavelmente seria a origem verdadeira do nome quando ele chamou atenção para as palavras “grech ou greg” que no inglês antigo significa “um cachorro”. Mas mr. Bell escreveu que o termo muito provavelmente aplicado à cor prevalecente aos primeiros representantes da raça. Por fim, outras conjecturas era que o termo pode ter sido uma distorção de “Gazehound”, como eram chamados os cães que caçavam usando principalmente a visão, em “Gazehound” e posteriormente em “Greyhound”.


E continuo na próxima semana...

Leia o artigo completo:
Greyhound - parte I
Greyhound - parte II
Greyhound - parte III
Greyhound - parte IV
Greyhound - parte V

Um comentário:

  1. Adorei a leitura, mas a foto está simplesmente magnífica!

    ResponderExcluir