ANESTÉSICOS E MEDICAMENTOS

Por: Dr. Fabio Bonardi

Oi amigos. É a primeira vez que escrevo aqui no blog e espero poder ajudar em algo. 

Sou Médico Veterinário há 9 anos e trabalho na clínica e cirurgia de pequenos animais em Curitiba. Sou clínico geral, tenho uma whippet, a Hera e uma maltês, a Lara. Não sou especialista em galgos, mas sou um apaixonado pelos magrelos. Vou tentar abordar os assuntos da melhor maneira possivel e numa linguagem sem muitos termos técnicos. Vamos ao que interessa:

ANESTESIA. Vamos dizer assim: eles são mais "fracos" do que outras raças.O que acontece é que alguns anestésicos podem se aderir na gordura dos animais, fazendo com que a metabolização do mesmo seja lenta. Nossos magrelos não tem gordura. Então, esse tipo de anestesia tem efeito maior neles do que em outras raças. Cada animal deve ser avaliado individualmente para que seja tomada todas as medidas certas na hora da anestesia. Eu sempre faço a opção pela anestesia inalatória. É mais segura e o animal volta muito rápido do plano anestésico. Em alguns casos, é interessante fazer um exame de sangue pré anestésico.

CUIDADOS COM MEDICAMENTOS. Existem cuidados a serem tomados com alguns medicamentos (ivermectinas, avermectinas, etc) que podem ser prejudiciais a saúde de alguns cães, entre eles os galgos. Ainda não existe no mercado esse tipo de medicamento injetável para ser usado em cães. Em alguns casos, nós usamos por ser bem útil, mas sempre com muito cuidado e somente em cães onde sabemos não haver problemas posteriores. Qualquer medicamento, seja ele veterinário ou não, deve ser sempre receitado ou indicado pelo médico veterinário.

VACINAS. A diferença entre óctupla (V8) e déctupla (V10) é que na déctupla existe duas cepas a mais contra leptospirose. A vacina contra giárdia é importante para aquele cães que tem acesso a água de torneira. A vacina contra leptospirose tem uma duração de apenas seis meses. Existe também a vacina da gripe canina e também a vacina contra leishmaniose. O importante mesmo é saber como e onde o animal vive e assim definir o esquema de vacinação. Toda vacina preza pelo bem estar do animal. E é previnindo que se tem uma boa qualidade de vida.

Espero ter sanado algumas dúvidas.

3 comentários:

  1. Obrigada por todas estas informações, excelentes.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom ter com quem contar, nossos magrelinhos não falam o português, mas falam com os olhos, não por que o que doí ou quando doí de verdade, temos que confiar nos PETiatras...
    MUIIITOOOO Obrigada. E o Bamboo diz AUbrigado.

    ResponderExcluir
  3. Zé Magrelo - Whippet16 de fevereiro de 2009 01:21

    Nós também adoramos saber que nosso PETiatra finalmente chegou no pedaço, é muito bom ter alguém que não apenas nos ame, mas que nos conheça um pouco mais e que poderá ajudar ou apenas aliviar nossos papis e mamis.
    Valeu tio Fábio.

    ResponderExcluir