UM WHIPPET CUPIDO CHAMADO ZINHO

Por: Debora ♥ Zé Magrelo

Amigos, vejam que depoimento mais lindo eu encontrei na net, mais precisamente no site da Merial.
Mas, detalhe.. o cupido dessa história é o Zinho, membro aqui do Confraria dos Galgos, achei o máximo ele estar envolvido nessa linda história!
Veja o depoimento da mamis dele, Claudinha Mogentale.

"Acho que vou sair um pouquinho do regulamento e vou contar uma historinha meio que ao contrário... acontece que, durante muito tempo, andei procurando a minha alma gêmea em um ou dois sites de relacionamento; foi com alguma dificuldade - digo isso porque quando chegamos à maturidade, vamos ficando cada vez mais exigentes - que encontrei o francês Noá, criatura única e especial... ele veio da Martinica e resolvemos ficar juntos no Brasil; só que a família estava muito pequenininha... faltava alguma coisa... faltava um movimento lá em casa... foi quando o Noá começou a me falar de um tal de Whippet, cãozinho que corre muito, que é super educado, que quase não late... fiquei meio preocupada, pois moramos em um pequeno apartamento... cachorros ? Eu, heim? Insistindo, ele me contou que sua irmã Nelly, que mora lá na região francesa de La Provence tinha dois deles - o Matt e o Théo e já teve um outro antes; sua filha, Flore, que mora na mesma região, também tinha um, a Vicky. Bem... comecei a ficar curiosa e a procurar por tudo quanto é canto... Nossa! como é difícil! Até que encontrei, no Paraná, um canil de Whippets, através da internet (como sempre). Zinho foi escolhido entre várias fotos que me foram enviadas, pelo seu olhar, especial, doce... Ele chegou de avião aqui na Bahia, no dia seguinte ao nosso casamento e hoje, com dois anos de idade, ele faz parte da nossa família e da nossa vida. E, hoje, eu tenho a agradecer ao meu marido, entre outras coisas, o fato de ter insistido e me apresentado a essa criatura simpática, elegante, alegre, meigo e sem defeitos, que é o meu Zinho... veja se não tenho razão.
Cláudia Bastos Mogentale
Salvador - BA

O Zinho, movimentou o nosso blog, quando completou 2 aninhos e sua mãe, Claudinha, postou a nota Aniversário do Zinho , ele teve recorde de comentários... alguém se lembra?

4 comentários:

  1. Primeira coisa e mais engraçada dessa história. O nome dele me chamou a atenção é assim que minha mami (mami da Luca) chama o marido dela de ZINHO (diminutivo do diminutivo - amorZINHO) e eles moram em Salvador na Bahia. Eu já havia lido a história do aniversário dele e amado!!!
    Também me apaixonei por Whippets de uma forma diferente, pois foi a partir de um programa de TV onde o dono contava como o o whipPETINHO dele havia salvo sua vida! O quanto eles amam os donos e o quanto são intuitivos. Aproveito para dizer que ontem o Bamboo me viu chorar por conta dos galgos espanhóis e começou a pedir meu colo.
    Depois de todo esse amor, conheci a Dé pela internet e o Zé no seu aniversário e descobri que os donos de Whippets são muito especiais também. São engajados, preocupados e muito amorosos.
    beijocas Luca&Bamboo

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro!!
    Aprimeira vez que eu e o Felipe lemos o confraria era sobre o post do aniversário do Zinho, axchamos ele lindo demais... e engraçado!!!

    ResponderExcluir
  3. O Zinho é tudo de bom, êita baianinho mais querido!
    Zinho está praticamente presente no meu dia-a-dia.. 1º porque carrego ele na minha agenda para onde vou, num calendário com a foto dele..rs e 2º porque tenho 2 fitinhas do senhor do Bonfim amarradas no braço(uma com meus pedidos e outras com pedidos do Zé..rs). Fitinhas que o Zinho e sua linda mamis me mandaram, aliás.. tem fotos do Zé Baianinho nesse link http://loucosporgalgos.blogspot.com/search?q=bahianinho , ele ficou uma graça!.. rs

    ResponderExcluir
  4. Zé Magrelo - Whippet10 de fevereiro de 2009 11:10

    Tia Luca e Bamboo, tenho um aumigo whippet, que mora pertinho de vocês, inclusive... ele tem cada história..
    Já livrou a mamis dele de umas encrencas sabia? Sorte a dela que sempre confiou na intuição do seu magrelo. Depois de saber deses 'causos' mamis passou a prestar mais atenção em mim também, mas o problema é que eu só presto atenção nas magrelas na rua..rs
    Vou pedir para mamis ver se consegue com a mamis dele um relato dessas histórias.. é de arrepiar, viu?

    ResponderExcluir