Salvem minha praia!


Queridos Confrades,

Venho, encarecidamente, pedir que vocês me ajudem a enfrentar mais esse desafio com Fiona, com a experiência de vocês.
Vocês já sabem que sou de Salvador e eu e Fifi adoramos Praia. Mas enfrentamos problemas nessa nossa paixão!
Começa com a casa de Praia, que é um Apartamente térreo, onde pessoas passam na rua e dá pra ver na janela. Fiona late, late, late. Ora com pêlo eriçado, ora chorosa, ora animada, ora visivelmente querendo fugir, mesmo quando estamos em casa. Incomoda os vizinhos! Muito!
Pesquisando na internet achei aquele aparelho que emite um som ultrasônico, chamado Dazer, mas não sei se funciona, se é benéfico, se não a deixaria ainda mais louca. Vocês conhecem? Sabe de alguém que usa?
E na casa de minha irmã, vizinha à nossa, então, é ainda pior. Além dela latir muito quando as pessoas passam, ela foge! Galgos fugindo é nada legal, certo? Lá ela passa pelo portão, preciso colocar redes a mais, pois ela aprendeu a passar pelo portão. Ela pula e passa, nem precisa se apertar, rápida como uma flecha! Mesmo quando estamos em casa com ela, a família toda...
Na praia, eu a solto, as vezes. Ela sempre volta quando a gente chama, a não ser que tenha piqueniques ou pessoas interessantes na ótica dela. Queria uma coleira daquela retrátil realmente eficiente. Fiona já arrebentou duas com suas arrancadas. Alguma que trave apertando o botão, não de ficar segurando, vocês me indicam algum fabricante? Será que existe?
Porfavor, me ajudem mais uma vez!
E prometo deliciar vocês com um vídeo dela correndo na praia pra vocês verem como o esforço vale à pena.
Um beijo enorme a todos!

13 comentários:

  1. Mila, que situação hein.. nada legal isso.

    Bom mesmo sabendo da sua urgência por uma resposta, vou aguardar a palavra da Ful e também de outros que entendem mais dessa parte do que eu.. eu, como você, não saberia o que fazer e teria que recorrer à ajuda dos universitários..rs

    Caso nada do que te indicarem por aqui der certo eu consultarei um outro pessoal que me orienta em alguns casos, ok? Mas vamos torcer para que isso nem seja preciso..rs

    E sobre a guia retrátil, eu já tive uma também, mas me atrapalhava toda com aquilo..rs Até o dia em que o Paulo Miklos, dos Titãs, sofreu um sério acidente com essa guia, teve o polegar praticamente arrancado numa arrancada..rs do seu cão. A coisa feia mesmo. Tudo bem que era um São Bernardo..rs mas mesmo com nossos magrelos é perigoso, devido a velocidade dos danados. Nessa mesma época fiquei sabendo de outros casos similares, ferimentos graves nos dedos, que muitas vezes são decepados. Parei de usar a minha..rs
    No seu caso, sorte que já arrebentou ou poderia ter machucado o pescocinho da Fiona ou o seu dedo.
    Sem contar que se você deixar ela correndo com a guia fixa e estendida ela poderá machucar outras pessoas e principalmente outros cães. Acho mais seguro você deixá-la solta mesmo ja que ela costuma te atender. Leve sempre com você alguns petiscos e vai treinando isso, chame-a várias vezes e dê um belo petisco (mas tem que ser dos bons..rs) assim ela não irá vacilar quando ouvir seu chamado..rs

    Eu tô loucoa pelo vídeo, adoro essa Fiona correndo.. É DEMAIS!

    beijos para vocês, falei de vocês duas hoje para uma amiga, olha a coincidência..rs

    ResponderExcluir
  2. Mila, Fiona é linda, parabens.qual idade?
    Tive cães a vida toda e já tive problemas com essa guia, na calçada o cachorro pode correr pra rua em segundos. na praia, melhor soltar.
    beijos pra bahia, terra dos deuses.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelas dicas, Gente!
    É, hoje eu vi que essa guia retrátil não é lá algo muito bom, não...
    Vou voltar à minha convencional mesmo!
    Ful, kd vc????

    ResponderExcluir
  4. Mila, tudo bem?
    Eu e Farello nos adaptamos muito bem à guia retrátil, mas a que uso tem justamente o botãozinho que trava no tamanho que vc quiser. Vou ver se pego a marca direitinho e respondo novamente aqui. O problema das guias convencionais é o tamanho, são curtas, e vejo que ele fica "preso", pois não confio em soltá-lo... ele sai correndo sem rumo ou vai atrás de uma pomba ou da folhinha de árvore que vai para a rua...

    Com relação aos latidos, acredito que seja um problema de difícil solução, aliás vou acompanhar os posts para ver se há algo a fazer. Moro numa casa onde meus vizinhos são extremamente silenciosos e, quando eles saem para seus quintais, tenho que colocar o Farello para dentro de casa pois ele simplesmente não pára de latir atrapalhando todos nós.

    Ainda com relação às fugas, te digo que minhas experiencias com redes e portões baixos não tiveram sucesso, por isso o estrago no meu sofá (jś publicado aqui!) Acredito que a troca do portão por um feito especialmente para ela seja a solução. Sei pq tive que mandar fazer um portão para a piscina da chácara de minha sogra, com as varetas em intervalos de 5cm no máximo. Com isso, um simples portãozinho ficou bem mais caro pela quantidade de material usado para a sua confecção... mas temos que pensar na segurança de nossos magrelos e na nossa tranquilidade! Espero ter contribuído!

    Bjs
    Tais e Farello!

    ResponderExcluir
  5. Você já tentou deixar coisas para ela se distrair quando você sai?
    Por exemplo, esconder petiscos que ela goste em diversos locais para ela bricar de "caça ao tesouro". Outro ótimo apetrecho para distrair é o Kong.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi Mila!

    Jogue fora suas guias retráteis... tenho lido muitos casos (de fora) de galgos que morrem por causa dessa guia - a arrancada deles é rápida demais, eles vão longe em pouco tempo e, com a guia mais longe ainda... se ela não arrebentar, pode machucar seriamente o pescoço dele. Se escapar da sua mão, pode enroscar em algum lugar, ou mesmo nas patas dele... a coisa com essas guias realmente é feia demais.

    Pra parques, essas coisas, eu uso uma guia longa (7m), de adestramento. E estou sempre com petiscos pra que a Suzie fique ligadinha em mim algumas vezes.

    Quanto aos latidos. Deixe petiscos escondidos pela casa; coloque pedaços de salsicha e água (nas formas de gelo) e coloque pra congelar. Daí, vc dá os cubinhos de gelo recheados de salsicha pra ela; kong recheado com ração úmida e pedaços de biscoitos pra dificultar; garrafa pet recheada com ração e petiscos (faça buracos - 6 a 8 - na garrafa, aí ela tem que ficar girando pra cair a comida). Invente mil e uma coisas: eles são muito inteligentes e precisam se manter com a mente ocupada, pra não fazer coisas erradas. Eu faço isso até hoje com a Suzie, mesmo ela sendo comportadinha.

    Também é bom deixar um rádio ligado. E evitar o acesso dela às janelas enquanto ela ainda ficar latindo e incomodando os vizinhos. Eu gosto muito de cachorro mas, imagina um domingo, 6h da manhã, vc acordar pq o cachorro do vizinho tá gritando e esmurrando a porta... risos.

    Ainda quanto aos latidos, pense no que você gostaria que ela fizesse ao invés de latir. Por exemplo, ao invés de "não quero que ela lata" pense "quero que ela fique entretida com outras coisas além da janela".

    Depois escrevo um post sobre latidos, OK?!
    Espero ter ajudado =)

    ResponderExcluir
  7. Vixe,, bem lembrado, isso de enroscar nas patas é outro perigo.

    Mas vamos lá.. eu ainda tenho a minha, tá aqui embolorando mas tenho.. posso até usar um dia, mas como a Tais falou, para dar um pouco mais de liberdade e usaria travada num tamanho um pouco maior, esse negocio de ficar soltando e puxando a guia me deixa doida..rs e teria que ser naquele dia sossegado, tipo um feriadão e se Zé estver bem zen... às vezes ele quer ir num matinho um pouco longe que eu não consigo chegar..rs aí a guia ajuda..rs Mas mesmo assim tem que tomar muuuito cuidado.

    Já que a Tais comentou da marca a que tenho é da marca Flexi, e tem a travinha também. acho que é alemã.. é boa, resistente, creio que não arrebenta apesar de ser bem fininha.

    Mas olha só.. pelo vídeo da Fiona correndo eu acho que ela é bem doidinha, acho meio arriscado com ela.. quem sabe um dia..rs quando ela se acalmar..rs

    Beijos para todos!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Zé Salsicha Magrelo12 de janeiro de 2010 00:27

    Mila.. vou te dar uma dica que a Fiona vai gostar.. hehe

    Um petisquinho maravilhoso para vc usar como isca quando chamá-la na praia, é uma delícia. Mas não dê sempre para não perder a graça, use só quando estiver na praia.

    Salsichinhas Crocantes
    Você corta a salsicha em vários pedacinhos, do tamanho de feijões e coloca num prato, uma ao lado da outra, não põe por cima não.. aí você coloca no microondas, coloca de minuto em minuto e deixa até ficarem bem sequinhas. Toda vez que você chamá-la você dá uma salsichinha, ela vai amar.

    Com uma única salsicha, vc faz umas 50 salsichinhas.. rende muito.

    Lambeijões pra vocês

    ResponderExcluir
  9. Adorei a dica das salsichinas! Tanto como petiscos feitos no microondas como o gelo de salsichas! Vou fazer!!!

    Ah, Dé, minha guia retrátil é exatamente desta marca! E uso com o peitoral. O Farello não se acostumou com a coleira no pescoço... não foi uma experiência boa... marcas no pescoço e vômitos... Aliás, seria bem legal um post sobre coleiras e guias, não acha? Eu pelo menos tenho muitas dúvidas!

    Ah, agora aparece até minha fotinho aí do lado! Legal!

    Bjs
    Tais e Farello!

    ResponderExcluir
  10. Putz.. Taís é outra que agora está lendo pensamento, né?
    Tô doida para fazer um post de coleiras e guias também, cheguei até a tirar algumas fotos do zé com alguns modelos.. mas tem outros post que tô querendo colocar no ar também e várias utras coisas.. que não tá dando tempo..rsrs

    Vou fazer o seguinte.. com a ajuda de vocês vamos fazer um mutirão de posts para o confraria dos galgos, eu vou sugerir os temas e cada um ( quem quiser é lógico) escolhe um tema e manda bala.. assim desencalho esse monte de posts legais que estão na minha cabeça e não dou conta de pesquisar e postar..rs

    Sobre a guia retrátil, pelo que pesquisei essa é a melhor marca mesmo, mas é bom usar cuidado, né?
    Nem tudo que funciona com um funciona com outro, para o Zé o peitoral já não rola, ele tira do corpo em segundos.. mas para muitos parece ser o que há de mais confortavel, principalmente se o cão não puxa a guia.

    Bom .. vou fazer o post sobre o mutirão..rsrs
    bjss

    ResponderExcluir
  11. Ahhh.. esqueci..
    Thais a foto tá linda, esse Farello é uma figurinha mesmo.. ena que as fotos aparecem pequeninas..rs

    Mas vale a pena clicar e ampliar a foto para ver o tipinho do Farello..rs

    Ele e a Fiona são a dupla perfeita!

    ResponderExcluir
  12. Que bom que vocês me responderam!
    Vou tentar esse petisco da praia logo, logo!
    E essa de ficar sozinha, vou fazer um mutirão de brinquedos interessantes para fazer junto com minhas sobrinhas de cinco e oito anos!
    A guia, já vi que não é legal mesmo. Vou procurar uma guia normal, só que maior, acho essas comuns muito pequenas...
    Adorei essa idéia dos posts. Posso ajudar, sim! Só não sou boa de criar tópicos, mas escrevo se já tiver o tema. heheheh
    Tô pesquisando tudo sobre galgos, pois minha dentista queria um cachorro pros filhos dela..

    ah! E Farello é liiindo, minha gente!!


    Beijo grande a todos!

    ResponderExcluir
  13. Dé, falou tudo: peitoral só pra cães que não puxam, porque ela acaba com a coluna... aqui no prédio uma cachorrinha teve bico de papagaio por causa da peitoral (ela puxava feito doida).

    A Suzie quase não usa peitoral, usa mais como cinto de segurança ou pra treinar com guia longa.

    Beijos =)

    ResponderExcluir